Seja madrinha ou padrinho de um gatinho do Bicho no Parque


Sabia que existe um jeito simples de você ajudar a causa animal e contribuir muito com nosso projeto? Basta escolher um dos nossos gatinhos (ou alguns deles, se preferir) como seu “afilhado” e fazer uma contribuição mensal a partir de R$ 10. Toda ajuda é MUITO bem-vinda!

Selecionamos abaixo alguns peludos para iniciarmos esta ação de apadrinhamento! Nossos bigodes (100 gatinhos) consomem cerca de 300 kg de ração por mês e os voluntários ainda precisam arcar com a maior parte das despesas, já que as doações recebidas ainda não dão conta dessa grande turminha!

Para ser madrinha ou padrinho, veja a galeria de fotos a seguir e preencha o formulário no final do post, informando se deseja contribuir com os gatinhos do projeto de maneira geral ou com algum gato específico de sua preferência. Daí entraremos em contato com você para fazermos seu cadastro completo e iniciarmos sua participação.

Para ver melhor nosso rostinho, basta clicar na foto!

Vamos ficar muito felizes de termos madrinhas e padrinhos! E pode vir nos visitar quando desejar! 🙂

Para fazer seu pré-cadastro no Programa de Apadrinhamento, preencha o formulário abaixo para entrarmos em contato com você! 


Calendário 2020 do Bicho no Parque já está à venda!

Garanta já o seu!

Olá, amigos! Finalmente nosso calendário 2020 ficou pronto e está lindo, garanta já o seu! O valor é R$ 25 com frete incluso para todo Brasil. O pagamento pode ser feito por depósito bancário:

Mayena Buckup
CPF 060.111.118-40
Itaú
Agência: 0390
Conta Corrente: 01484-3

Depois é só enviar o comprovante e seu endereço completo para a Mayena para este e-mail: bichonoparque2013@gmail.com

Esta é uma oportunidade de ajudar os gatos atendidos pelo Bicho no Parque – todo o valor arrecadado com a venda é utilizado nos cuidados com nossos peludos!

Lembramos ainda que o calendário é uma linda lembrança para você presentear aqueles amigos queridos que também amam os animais. Pense nisso! 😉

Em nome de toda nossa turminha, desejamos que 2020 seja repleto de momentos especiais, muito amor e alegrias para cada um de vocês. ❤


A união faz a força!

Olá, amigos! Meu nome é Nicholas e hoje serei o gato repórter do Bicho no Parque!

“Sou um dos gatos porta-vozes do Bicho no Parque. Quero compartilhar que os tios voluntários continuam cuidando da gente com amor. Pode estar chovendo ou ser aquela linda noite de verão: todos os dias eles trazem comida, água, cuidados, carinho e paparico! Acho incrível que trazem até casas ( ! ) nos braços pra gente se proteger quando chove. Eles são demais!

Por aqui, sou testemunha: o trabalho não acaba. E quando alguém da turminha fica doente? Nossa, eles cuidam da gente com dedicação! Vamos para o veterinário, fazemos tratamentos no parque e na casa de tios que dão lar transitório… E eles também ficam atentos se estamos nos coçando para combater pulgas e carrapatos.

Lutando contra os abandonos, os tios também têm se empenhado nas castrações e campanhas de adoção. Falando nisto, siga a página do BNP no Facebook – lá sempre divulgamos gatinhos e gatões em busca de adotantes! Adoramos quando acontece um final feliz, a exemplo da Berenice, que mandou esta foto no sofá de sua nova casa! 😉

Depois de alguns apuros, nossa amiga Berenice foi adotada e mandou esta foto de como está bem agora! Que bom! 

Nossos anjos

O tempo passa e é preciso falar também sobre o delicado trabalho com os gatos idosos, os que apresentam uma doença sem cura, ou ainda, os que partem de repente. Mesmo com todo o cuidado, chega o momento em que se despedem deste plano e tornam-se nossos anjos em alguma outra dimensão, a exemplo de queridos e inesquecíveis amigos como o Zé Ricardo, o Sir William, a Nina e a Tigra que nos deixaram no último ano… :,(

Apesar da despedida e eterna saudade, aquece o coração saber que foram assistidos até o último momento e tivemos o privilégio de nossos caminhos terem se cruzado: convivemos e aprendemos uns com os outros, dando e recebendo amor puro. Aos gatinhos que se foram, saibam que te amamos muito e sempre te amaremos! ❤

A união faz a força

Na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, nos dias frios ou de calor, o projeto Bicho no Parque só é possível graças a um grupo de tios incríveis que fazem tudo por nós e também graças às madrinhas, aos padrinhos e aos amigos que nos ajudam.

Se você ainda não participa do programa de apadrinhamento, lembro que é possível ajudar a partir de doações mensais de R$ 10 – toda contribuição é muito bem-vinda, participe!

Veja abaixo alguns dos gatinhos para apadrinhamento (entre eles eu, Nicholas)!  Para fazer seu pré-cadastro no Programa de Apadrinhamento, preencha o formulário abaixo para entrarmos em contato com você!

Convido você a conhecer de perto nossa turminha – tenho certeza que você vai adorar o passeio e nós amaremos sua visita! ❤

Lambeijos com carinho!”

Nicholas

0810cdab-01ac-4b3b-b9b8-792f0d55769b

Ralf

cdda066e-b442-4a20-9a37-56b4d1e2bf14_1

Nicholas

fb1b78c7-577f-4e85-bd42-30f6d8ba8bc7

Gatão

bf2f5cea-abf5-4a60-b692-530f466f3148

Xerife

522357ef-0943-4f5d-80c4-69c4ad8a75ed

Ben

5ad85b8a-bb9a-44e4-818b-9f6b20fac27e

Madalena

2f603068-3b5f-446c-a92c-f69cac38eb37

Lolo

04f91b00-c183-4689-905a-e6fb9e55ae70

Zelda

55f98a1e-9231-442e-8f06-c4fe7496b2bf

Frida

52e52f3e-d105-4018-99b0-80b5045678ef

Franjinha

c262b984-6aea-4188-91c8-c054ef205c72

Peter

 

 

 

 

 

 


Gatos do Bicho no Parque estrelam nosso Calendário 2019!

Amigos queridos, o tempo voou e o Calendário 2019 do Bicho no Parque já está à venda! O valor é R$ 25 com frete incluso para todo Brasil.

Ao comprar o calendário, você ajuda diretamente os mais de 100 gatos atendidos por nosso projeto.

Além disto, com o fim do ano se aproximando, é uma linda e útil lembrança para presentear alguém que você gosta e ama bichos! 🙂

Garanta já o seu! 

Dados para depósito:

Banco Itaú
Agência 0390
Mayena Buckup
CC 01484-3

Depois é só enviar o comprovante junto com o endereço para o e-mail: bichonoparque2013@gmail.com

Em caso de dúvidas, é só escrever para o e-mail acima que a voluntária Mayena entrará em contato com você muito em breve.

Agradecemos desde já a todas as madrinhas, padrinhos e amigos do Bicho no Parque. Nosso trabalho só é possível, porque contamos com a ajuda inestimável de vocês! Muita gratidão de toda nossa turma! ❤


Voluntariado: vestindo a camisa em prol dos animais

Franjinha em momento fofurice com o voluntário Fabio D’Agostino

Olá, amigos e leitores! Já faz um tempinho que não postamos no blog, mas o trabalho em campo realizado pelos voluntários do Bicho no Parque segue firme literalmente 365 dias por ano. Graças a esta equipe que veste a camisa com comprometimento e amor, os gatos recebem alimentação, água, cuidados e muito carinho todos os dias!

Há alguns meses, surgiu a ideia de criar um colete para facilitar a identificação do grupo que trabalha no parque. “Hoje em dia mais pessoas me reconhecem como voluntária do BNP. Muito mais pessoas vêm falar comigo interessadas no projeto e com tudo isso passamos mais credibilidade e organização. O trabalho da BNP foi muito valorizado. Não imaginava como um simples uniforme traria tanta mudança”, destaca a voluntária Ana Elisa Almeida.

Curtindo o colinho da tia Ana Elisa

Mas não são apenas as pessoas que reconhecem os voluntários do BNP. Os gatos também reconhecem (de longe) os tios e tias do projeto. Vejam alguns desses momentos fofos com os animais:

“Além de trazerem ração seca de qualidade,
os tios também mimam a gente com deliciosos sachês!”

“Não entendo por que eles nos dão remédios,
mas os tios explicam que é para nosso bem.” 

 “Hora do café da manhã!”

“Já sou um moço, mas é tão bom brincar com os tios!”

E aproveitamos a oportunidade para mostrar mais alguns flagras da nossa turminha:

Agradecemos mais uma vez aos padrinhos e às madrinhas dos gatos do Bicho no Parque. A contribuição de cada um é muito valiosa e importante para os animais atendidos pelo projeto. Em nome de todos os voluntários do projeto, muito obrigado a todos! 🙂 ❤


Quando vale a pena tentar a adoção de um gatinho arisco

Queridos leitores, hoje queremos compartilhar uma bela história de adoção que aconteceu recentemente.

No final do ano passado, uma gatinha muito arisca foi abandonada no parque. Dia após dia, os voluntários do Bicho no Parque tentavam ganhar sua confiança, mas ela continuava assustada. Pouco a pouco, com muito amor e paciência, a equipe foi ganhando a confiança dela.

Finalmente, depois de 45 dias, as voluntárias Ana Elisa e Karen conseguiram resgatá-la e a Mayena cuidou de sua castração. Porém, por continuar muito arisca e parecer ter um perfil mais selvagem, a ideia era devolvê-la ao parque. “Apesar disto, insisti em uma adoção. Achei que ela merecia uma segunda chance”, revelou Ana Elisa. Assim, a gatinha ficou em lar transitório com a Karen, enquanto o grupo iniciou uma campanha de divulgação.

“Logo apareceu a Vanessa mostrando interesse em adotá-la, mas como a filhote ainda estava muito assustada, tínhamos receio da adoção não dar certo. Mas a causa era do bem e o universo conspirou à  favor”, comemora Ana Elisa.

No final, deu tudo certo e a gatinha – agora chamada Melissa – finalmente descobriu como é bom amar e ser amada! ❤

E com esta história queremos mostrar que, mesmo quando um gato parece arisco, vale a pena ao menos tentar a adoção. Muitas vezes, por trás do jeito assustado do animal, existe um bichinho que já sofreu uma verdadeira saga de desamparo e maus tratos. Mas com paciência e carinho, muitas histórias podem ter um final feliz – igual ao de Melissa e sua nova mamãe Vanessa! 🙂


Você me traz sorte, meu amor!

Estamos terminando o mês de agosto em clima de gratidão pelo fato dos gatos do Bicho no Parque terem tanta sorte de terem madrinhas e padrinhos generosos e que mensalmente vêm contribuindo com as despesas de seus afilhados. O programa de apadrinhamento tem sido essencial para a sustentabilidade de nossas ações no parque! Lembramos que todas as doações recebidas são destinadas à alimentação, cuidados veterinários e bem-estar dos gatinhos.

E por falar em sorte, resolvemos postar hoje a foto de dois pretinhos que fazem parte dessa amada turma do Bicho no Parque. Como cantaria Caetano Veloso, “você me traz sorte, meu amor!”

Salem: “Muito obrigado a todos que contribuem para que tenhamos a sorte de sermos amados!” ❤

 

Zidane em campo: “Tenho nome de jogador de futebol, porque dou cabeçadas nos tios do BNP para ganhar mais carinho! E hoje tenho a sorte de ter madrinhas e padrinhos, é muito amor!”