A união faz a força!

Olá, amigos! Meu nome é Nicholas e hoje serei o gato repórter do Bicho no Parque!

“Sou um dos gatos porta-vozes do Bicho no Parque. Quero compartilhar que os tios voluntários continuam cuidando da gente com amor. Pode estar chovendo ou ser aquela linda noite de verão: todos os dias eles trazem comida, água, cuidados, carinho e paparico! Acho incrível que trazem até casas ( ! ) nos braços pra gente se proteger quando chove. Eles são demais!

Por aqui, sou testemunha: o trabalho não acaba. E quando alguém da turminha fica doente? Nossa, eles cuidam da gente com dedicação! Vamos para o veterinário, fazemos tratamentos no parque e na casa de tios que dão lar transitório… E eles também ficam atentos se estamos nos coçando para combater pulgas e carrapatos.

Lutando contra os abandonos, os tios também têm se empenhado nas castrações e campanhas de adoção. Falando nisto, siga a página do BNP no Facebook – lá sempre divulgamos gatinhos e gatões em busca de adotantes! Adoramos quando acontece um final feliz, a exemplo da Berenice, que mandou esta foto no sofá de sua nova casa! 😉

Depois de alguns apuros, nossa amiga Berenice foi adotada e mandou esta foto de como está bem agora! Que bom! 

Nossos anjos

O tempo passa e é preciso falar também sobre o delicado trabalho com os gatos idosos, os que apresentam uma doença sem cura, ou ainda, os que partem de repente. Mesmo com todo o cuidado, chega o momento em que se despedem deste plano e tornam-se nossos anjos em alguma outra dimensão, a exemplo de queridos e inesquecíveis amigos como o Zé Ricardo, o Sir William, a Nina e a Tigra que nos deixaram no último ano… :,(

Apesar da despedida e eterna saudade, aquece o coração saber que foram assistidos até o último momento e tivemos o privilégio de nossos caminhos terem se cruzado: convivemos e aprendemos uns com os outros, dando e recebendo amor puro. Aos gatinhos que se foram, saibam que te amamos muito e sempre te amaremos! ❤

A união faz a força

Na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, nos dias frios ou de calor, o projeto Bicho no Parque só é possível graças a um grupo de tios incríveis que fazem tudo por nós e também graças às madrinhas, aos padrinhos e aos amigos que nos ajudam.

Se você ainda não participa do programa de apadrinhamento, lembro que é possível ajudar a partir de doações mensais de R$ 10 – toda contribuição é muito bem-vinda, participe!

Veja abaixo alguns dos gatinhos para apadrinhamento (entre eles eu, Nicholas)!  Para fazer seu pré-cadastro no Programa de Apadrinhamento, preencha o formulário abaixo para entrarmos em contato com você!

Convido você a conhecer de perto nossa turminha – tenho certeza que você vai adorar o passeio e nós amaremos sua visita! ❤

Lambeijos com carinho!”

Nicholas

0810cdab-01ac-4b3b-b9b8-792f0d55769b

Ralf

cdda066e-b442-4a20-9a37-56b4d1e2bf14_1

Nicholas

fb1b78c7-577f-4e85-bd42-30f6d8ba8bc7

Gatão

bf2f5cea-abf5-4a60-b692-530f466f3148

Xerife

522357ef-0943-4f5d-80c4-69c4ad8a75ed

Ben

5ad85b8a-bb9a-44e4-818b-9f6b20fac27e

Madalena

2f603068-3b5f-446c-a92c-f69cac38eb37

Lolo

04f91b00-c183-4689-905a-e6fb9e55ae70

Zelda

55f98a1e-9231-442e-8f06-c4fe7496b2bf

Frida

52e52f3e-d105-4018-99b0-80b5045678ef

Franjinha

c262b984-6aea-4188-91c8-c054ef205c72

Peter

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Você me traz sorte, meu amor!

Estamos terminando o mês de agosto em clima de gratidão pelo fato dos gatos do Bicho no Parque terem tanta sorte de terem madrinhas e padrinhos generosos e que mensalmente vêm contribuindo com as despesas de seus afilhados. O programa de apadrinhamento tem sido essencial para a sustentabilidade de nossas ações no parque! Lembramos que todas as doações recebidas são destinadas à alimentação, cuidados veterinários e bem-estar dos gatinhos.

E por falar em sorte, resolvemos postar hoje a foto de dois pretinhos que fazem parte dessa amada turma do Bicho no Parque. Como cantaria Caetano Veloso, “você me traz sorte, meu amor!”

Salem: “Muito obrigado a todos que contribuem para que tenhamos a sorte de sermos amados!” ❤

 

Zidane em campo: “Tenho nome de jogador de futebol, porque dou cabeçadas nos tios do BNP para ganhar mais carinho! E hoje tenho a sorte de ter madrinhas e padrinhos, é muito amor!”


Agradecimento especial às madrinhas e aos padrinhos dos gatos!

A famosa Madalena depois de um delicioso café da manhã (foto da voluntária Ana Elisa)

Gratidão, ah, como é importante sermos gratos! 🙂 Hoje queremos agradecer imensamente a cada uma das madrinhas e cada um dos padrinhos dos gatos atendidos pelo Bicho no Parque!

Há poucos meses, lançamos um programa de apadrinhamento através do qual a pessoa ajuda um gatinho com uma doação mensal a partir de R$ 10. A iniciativa tem ajudado a custear as despesas de alimentação e demais cuidados dos nossos peludos!

Em nome de todos os voluntários e gatos do projeto, muito obrigado por fazerem a diferença na vida de seus afilhados! ❤

Visita de Padrinhos

Ficamos tão felizes que, além da doação mensal, os gatos têm recebido amor e mimos de alguns padrinhos que nos procuraram para conhecer os bigodes pessoalmente! Recentemente, a madrinha Maria Cristina Godoy e seu marido, por exemplo, foram ao parque conhecer os afilhados Balotelli, Madalena, Peter, Zidane e Lola e ficaram encantados com o trabalho do Bicho no Parque. Desde então, eles têm ido visitar os gatos e nos mandaram este depoimento e estas fotos:

Depois de ser mimada pelos padrinhos, Madalena dá um cochilo (foto da madrinha Maria Cristina Godoy)

“No ano passado, tomei conhecimento pela internet da iniciativa Bicho no Parque, que cuida de gatos que vivem em um dos parques de São Paulo. Os voluntários alimentam os animais no local e proporcionam cuidados médicos, inclusive esterilização. Fiquei muito interessada e em dezembro de 2016 comecei a contribuir, apadrinhando cinco lindos gatinhos (Madalena, Balotelli, Peter, Lola e Zidane).

Cada voluntário se ocupa dos bichos em um determinado horário (manhã ou tarde), todos os dias da semana, o ano todo, faça chuva ou faça sol. Quando fui visitar meus afilhados, conheci a Mayena, uma das voluntárias, e é impressionante ver como os gatos a conhecem e se aproximam para receber a comida! Todos os gatos que vi (há cerca de 100 espalhados pelo parque) estão muito bem alimentados e tratados. Alguns são mais dóceis, como a Madalena, uma “siamesa” de olhos azuis, e adoram agrados. Outros são mais esquivos e desconfiados, só ficam olhando de longe.

É um trabalho magnífico, que exige muita dedicação e procura preservar os animais sem tirá-los do lugar onde estão acostumados. A esterilização também é importantíssima para impedir o aumento da população. O valor da contribuição fica a cargo do padrinho, a partir de R$ 10,00 por mês, mas deve-se ter em mente que a associação vive exclusivamente dessas doações para cuidar dos bichinhos.”

Peter, de barriguinha cheia: “agora eu só quero fazer um soninho gostoso!” (foto da madrinha Maria Cristina Godoy)

Convidamos todas as madrinhas e padrinhos a conhecerem seus afilhados em um passeio muito especial. Temos certeza que vocês vão adorar! Entre em contato com a gente!

Mais uma vez, obrigado, madrinhas e padrinhos! Juntos somos fortes e fazemos a diferença! ❤

Ainda não participa do programa de apadrinhamento?

Ter um afilhado peludo é tudo de bom! No link abaixo, há as informações, com fotos e formulário de cadastro! Participe!

>> Seja madrinha ou padrinho de um gatinho do Bicho no Parque


Seja madrinha ou padrinho de um gatinho do Bicho no Parque

bnp_franjinha

Franjinha

Sabia que existe um jeito simples de você ajudar a causa animal e contribuir muito com nosso projeto? Basta escolher um dos nossos gatinhos (ou alguns deles, se preferir) como seu “afilhado” e fazer uma contribuição mensal a partir de R$ 10. Toda ajuda é MUITO bem-vinda!

Selecionamos abaixo alguns peludos para iniciarmos esta ação de apadrinhamento! Nossos bigodes (mais de 100 gatinhos) consomem mais de 300 kg de ração por mês e os voluntários ainda precisam arcar com a maior parte das despesas, já que as doações recebidas ainda não dão conta dessa grande turminha!

Para ser madrinha ou padrinho, veja a galeria de fotos a seguir e preencha o formulário no final do post, informando o nome do(s) gatinho(s)  que deseja ajudar. Daí eu (Aleksandra) entrarei em contato com você para fazermos seu cadastro completo e iniciarmos sua participação.

Para ver melhor nosso rostinho, basta clicar na foto!

Vamos ficar muito felizes de termos madrinhas e padrinhos! E pode vir nos visitar quando desejar! 🙂

Para fazer seu pré-cadastro no Programa de Apadrinhamento, preencha o formulário abaixo para entrarmos em contato com você! 


Ajuda urgente! Lar temporáreo ou adoção

Amigos, vocês sabem que somos um projeto cujo foco são os felinos. Porém, semana passada nos deparamos com um fato muito triste que nos comoveu a todos e para o qual não podemos dar as costas. Mas precisamos de ajuda!

O Pit é um mestiço de Pitbull já adulto, que foi encontrado no parque, desolado, procurando pelo dono. Ele foi recolhido por guardas e levado a um lugar improvisado, ali mesmo, na espera de que o dono aparecesse. Mas o dono não deu as caras. Ou seja, foi abandono… descarte mesmo, sem dó :(.

O que eu fiz de errado? :(

O que eu fiz de errado? 😦

O problema é que Pit está muito triste e deprimido desde então. Passa os dias ali, cabisbaixo, pedindo ajuda. É de partir o coração pois ele não entende o que houve, o que fez de errado para estar ali, naquele cantinho improvisado e desconhecido. Quando alguém o leva para dar uma volta, ele fica olhando ao redor, cheira as pessoas, na torcida de que seu ex-dono apareça.

Cadê meu papai?

Cadê meu papai?

O fato é que Pit não pode continuar ali. Por isso, estamos desesperados em busca de uma alternativa para ele. Sabemos do preconceito das pessoas com animais adultos, e ainda maior com a raça Pitbull. Mas Pit é um fofo. Tudo o que tem de grande, tem de dócil e carente. É bonzinho, comportado, resignado.

**PIT PRECISA SER RETIRADO COM URGÊNCIA DO LOCAL ONDE SE ENCONTRA** Ele está em SP. Vamos achar um lar amoroso para ele? Alguém pode oferecer LT até que isso aconteça? Contato: nelsonnovaes@uol.com.br


Quem quer um gatinho fofo?

Este slideshow necessita de JavaScript.

*Atualização: Gaga foi adotado em 31/03 e Pan foi adotado em 14/04 .

Pan é um doce pretinho. Gága é um fofo rajadinho e branco. Foram abandonados muito pequenos, quando ainda precisavam de mamadeiras, juntos com mais 4 irmãozinhos que já foram adotados.

Com muitos cuidados, muito amor e carinho, se tornaram estas bolinhas de pelo irresistíveis! São muito alegres e brincalhões, e  já estão prontinhos pra ir pra sua casa! Que tal encher sua casa de alegria com estes bigodinhos? Escreva para o Bicho no Parque, ou ligue para 11 9514 5475.

Não pode adotá-los? Compartilhe este post e ajude-nos a encontrar um lar para eles.


Manhã no parque

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ontem (17), alimentei os gatos logo cedinho e aproveitei para fazer fotos da turminha que estava acordando. Veja alguns deles!

>> Clique na miniatura para ampliar: