Inclusão Animal: Wendy, a filhote com 3 patinhas, apresenta sua família

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vocês se lembram do caso de uma filhote especial que não tinha uma das patinhas da frente e foi abandonada com sua mãe e dois irmãozinhos? (…) Felizmente, todos eles tiveram a sorte de ganhar um lar, sendo que a Wendy foi adotada pela minha querida amiga e companheira de trabalho voluntário, Gabriela Dayan. Ela está apaixonada pela nova integrante da família!

Confira o depoimento

“Eu estava viajando quando fiquei sabendo que tinham achado a ninhada. Fiquei pensando no filhote deficiente, que eu achava ser machinho. Achei que iria sobrar ou, na melhor das hipóteses, que seria adotado por alguém tranquilo e mais idoso, já que o gatinho – por ter apenas três perninhas – não poderia brincar muito.

Por outro lado, me peguei pensando que seria muito bom ter mais um animal em casa pra fazer companhia pro meu gato Edu. Mas ao mesmo tempo ficava apreensiva de ter um filhote com uma patinha a menos, pois tenho também a Gretta Maria, uma bull terrier fofa, mas meio “truculenta” em suas brincadeiras.

Descobri que o gatinho era na verdade fêmea e pensei que seria uma ótima companhia pro Edu. Foi assim que resolvi tentar a adaptação e a Wendy chegou em casa! Ela ficou três dias isolada no meu quarto para se acostumar com o ambiente, assim como mandam os livros e especialistas, já que ela estava insegura e fazendo “fus” pra tudo.

Depois de tentar a socialização sem sucesso, até pensei em desistir, mas já estava apaixonada pela carinha fofa da Wendy!

Após quatro xixis errados (na minha cama!), resolvi soltá-la com meus outros animais. Trabalhei com dor no coração, mas ao chegar em casa percebi que ela estava bem, o Edu não largava mais dela e a Gretta Maria, minha bull, levava os brinquedos para brincarem juntas, bem coisa de “menina”, sabe?!

No final, Wendy & Edu viraram um casalzinho inseparável. Eles falam uma língua alienígena o tempo todo e eu e minha dog ficamos boiando nas conversas e brincadeiras dos dois!

Para minha surpresa, a Wendy é muito levada, escala tudo e chora quando só o Edu consegue chegar aos locais mais altos! Tudo que ele faz, ela quer fazer também, dormem juntos, conversam…  Como diz o veterinário: “você falou pra ela que ela não tem uma perninha? Então… Ela não sabe!”

Amo meus filhotes e a Wendy é tão apaixonante que está conquistando até o coração da minha mãe, que nunca foi gateira! Estou muito feliz que a família cresceu!”

Curtiu a história? Inspire-se!

Há muitos bichinhos com necessidades especiais esperando adoção! Pense com carinho. Faça a diferença no mundo!  ; )

Vídeos da Wendy: a espoleta

Ela começa a brincadeira com certa timidez:

Aqui ela ganha confiança e fica mais ousada:

E nesse vídeo você vê que ela é ligeira pra brincar, pular, correr – como todo filhote!

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s