Moacir Heberle: o pai do Bicho no Parque

Neste Dia dos Pais, queremos homenagear o “pai do Bicho no Parque”, um ser humano maravilhoso e iluminado que amava os gatos do parque.  Após um período de enfermidade, ele infelizmente partiu do mundo físico, mas deixou seu exemplo de amor incondicional aos animais. A seguir, confira a mensagem que a voluntária Renata Del Nero escreveu em homenagem ao nosso amigo que agora brilha na eternidade. Nunca tivemos tantas adoções como nos últimos tempos. Coincidência ou não, acredito que ele – com seu brilho celestial – tornou-se mais um anjo protetor do nosso projeto.

“Como fazer uma homenagem alegre a alguém que partiu, se estou com o coração em pedaços? Difícil. Porém se tomarmos como exemplo o próprio homenageado pode ser mais fácil!

Moacir, piadista nato, sempre, sempre de bom humor; sempre, sempre alegre, de alto astral, enxergando o copo mais cheio do que vazio, fazendo amigos em todo lugar e a todo momento, sempre disposto a ajudar, uma das melhores pessoas que conheci.

E tudo o que ele fez pelos gatinhos do Bicho no Parque? Não dá para relatar… Foi tanto amor, tanta dedicação, tanto trabalho, tanto dinheiro… Mas como era retribuído! Como aqueles bichinhos o amavam! Lembro-me da primeira vez que vi Moacir cuidando dos gatos. Pensava, “não é possível, como esse homem faz isso?”.

Todos os gatos o seguiam, faziam festa para ele. Fiquei tão fascinada com tudo aquilo, tentei imitá-lo, mas sem resultado… Não era o som que ele emitia para chamar os gatinhos, não era a ração… era ele!

Era o cara! Era o queridão de todo mundo; bicho ou gente, todos o amavam!

Ele foi uma grande inspiração para todos nós, voluntários do Bicho no Parque!

Moacir, meu querido amigo, você deixou saudades, estamos com o coração doendo, mas você nos ensinou tanta coisa, tanta coisa… nos deu tantos exemplos de como ser feliz simplesmente por ser feliz, de encarar a vida de uma maneira mais leve, de amor ao próximo, de amor a nossos queridos gatinhos…

Fique com Deus e com todos os muitos gatinhos que certamente foram te receber com todas as honras.”

Anúncios

2 Comentários on “Moacir Heberle: o pai do Bicho no Parque”

  1. SIMONE disse:

    Alessandra, lindas palavras! Eu não sabia q ele não tinha resistido. Eu o conheci, tive o prazer . Linda homenagem, ele deve estar cercado de gatinhos. Bjos

  2. Maria do Carmo Villanova disse:

    Tive a honra de ser amiga do Moacir durante um bom tempo. Era uma dessas pessoas que fazem a diferença! Generosidade, alegria, empatia e muitas outras qualidades positivas! Ele com certeza está muito bem, pois era uma pessoas muito bondosa. Abraços.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s