Mimosa (in memoriam)

Mimosa que queremos guardar na lembrança: linda e alegre no parque

Mimosa que queremos guardar na lembrança: linda e alegre no parque

Pouco antes do final do ano viemos pedir a ajuda de vocês para o caso da Mimosa, uma “vaquinha” linda do parque que foi resgatada com bicheira. O caso era grave, nós sabíamos.. Ela já apresentava quadro  de infecção avançado, o rabo já estava comprometido pois as larvas haviam comido toda a sua cartilagem e mesmo seus ossos, e havia muita pele necrosada. Foi internada e medicada com remédios fortíssimos.

No dia 21 de dezembro, 5 dias depois de sua internação, ela foi submetida a cirurgia para amputação da cauda. Se recuperou bem de início, e foi levada à casa de uma voluntária para continuidade do tratamento. Ela estava indo bem e estávamos confiantes. Mas de repente, nossa querida Mimosa decidiu correr e brincar em outras dimensões.

Foi tudo muito rápido, dela se abater até nos deixar e virar uma estrelinha de Natal, deixando um vazio em todos nós. Mas infelizmente, os bichos já tinham comido muito dos ossos dela e sua medula estava exposta.  A forte infecção ainda estava presente e estava nas mãos da Mimosa vencê-la. E Mimosa estava debilitada e não conseguiu lutar, ou desistiu, não dá pra saber.

Fizemos o que estava ao nosso alcance, e nosso grande conforto é a certeza de que nossa pequena recebeu muito carinho e atenção em seus últimos dias, e que não negamos atendimento quando ela mais precisou. A linda foto no início deste post é a lembrança que queremos guardar dela: uma vaquinha feliz e fofa do parque!

Agradecemos muito a todos vocês que nos ajudaram com doações, torceram e oraram pela recuperação da Mimosa. Apesar de todos os descontos, o seu tratamento ficou muito caro. Então, com um grande vazio no peito, precisamos pedir novamente da ajuda de vocês.

O recibo está abaixo. Aqueles que puderem nos ajudar neste difícil momento, nosso mais profundo agradecimento.

Dados para depósito:

Bco Itaú, agência 0390, conta-corrente 01484-3 – Mayena Buckup

Por favor enviem um e-mail para mayena@bol.com.br confirmando sua transferência para que possamos identificá-la.

GASTOS - MIMOSA


Notícias do Leão (Lion) e da Marie

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quem acompanhou os casos do Lion e da Marie sabe que são histórias comoventes e inesquecíveis, não é mesmo? Como não se lembrar do pequeno “guerreiro” que foi resgatado e submetido às pressas à uma cirurgia? E a Marie, encontrada à beira da morte, um caso grave de desnutrição e, pra piorar, com um quadro de lipidose hepática difícil de reverter?

No caso do Lion, seria necessária uma segunda cirurgia, no fêmur, quando ele fosse maiorzinho. Por isso, tivemos que optar entre esperar a realização da segunda operação e ver suas chances de ganhar uma família reduzidas, pois ele já seria um adolescente até lá, ou buscar alguém especial que topasse adotá-lo sabendo que ele faria uma nova cirurgia. Optamos pela segunda alternativa, apareceu a Patrícia, o Lion virou Leão e ganhou 3 irmãos-bigodes.

Mas isso vocês já sabiam, não é mesmo? O que vocês não sabem ainda, é que o Leão já fez a segunda cirurgia, para correção da cabeça do fêmur, já teve alta e passa super bem com sua família! Vejam as lindas fotos que recebemos, pra matar as saudades o pequeno!

Quanto à nossa fofolete Marie, depois de longos meses de tratamento com medicamentos e uma terapia intensiva de amor e carinho no lar temporáreo da tia Rê, a Marie teve alta, já com um adotante interessado! Um amigo da veterinária que tratou dela se encantou pela fofucha e pediu para que a reservássemos até que ele acertasse uns detalhes para poder recebê-la em casa. Marie segue para sua nova e definitiva casa nos próximos dias!

As histórias da Marie e do Leão são de tirar o fôlego! Queremos agradecer a todos vocês que nos ajudaram nestes dois casos, pois só conseguimos ajudar os gatinhos quando vocês nos ajudam!

Caso desejem continuar ajudando o Bicho no Parque, nossa conta corrente segue abaixo. Além dos cuidados veterinários, o valor que recebemos é usado para alimentar diariamente os 140 gatos que vivem no parque:

Bco Itaú, agência 3170, conta-corrente 03203-5 – Renata Lopes Del Nero

Não se esqueça de enviar um e-mail para renatadelnero@gmail.com confirmando sua transferência para que possamos identificá-la.


Moacir Heberle: o pai do Bicho no Parque

Neste Dia dos Pais, queremos homenagear o “pai do Bicho no Parque”, um ser humano maravilhoso e iluminado que amava os gatos do parque.  Após um período de enfermidade, ele infelizmente partiu do mundo físico, mas deixou seu exemplo de amor incondicional aos animais. A seguir, confira a mensagem que a voluntária Renata Del Nero escreveu em homenagem ao nosso amigo que agora brilha na eternidade. Nunca tivemos tantas adoções como nos últimos tempos. Coincidência ou não, acredito que ele – com seu brilho celestial – tornou-se mais um anjo protetor do nosso projeto.

“Como fazer uma homenagem alegre a alguém que partiu, se estou com o coração em pedaços? Difícil. Porém se tomarmos como exemplo o próprio homenageado pode ser mais fácil!

Moacir, piadista nato, sempre, sempre de bom humor; sempre, sempre alegre, de alto astral, enxergando o copo mais cheio do que vazio, fazendo amigos em todo lugar e a todo momento, sempre disposto a ajudar, uma das melhores pessoas que conheci.

E tudo o que ele fez pelos gatinhos do Bicho no Parque? Não dá para relatar… Foi tanto amor, tanta dedicação, tanto trabalho, tanto dinheiro… Mas como era retribuído! Como aqueles bichinhos o amavam! Lembro-me da primeira vez que vi Moacir cuidando dos gatos. Pensava, “não é possível, como esse homem faz isso?”.

Todos os gatos o seguiam, faziam festa para ele. Fiquei tão fascinada com tudo aquilo, tentei imitá-lo, mas sem resultado… Não era o som que ele emitia para chamar os gatinhos, não era a ração… era ele!

Era o cara! Era o queridão de todo mundo; bicho ou gente, todos o amavam!

Ele foi uma grande inspiração para todos nós, voluntários do Bicho no Parque!

Moacir, meu querido amigo, você deixou saudades, estamos com o coração doendo, mas você nos ensinou tanta coisa, tanta coisa… nos deu tantos exemplos de como ser feliz simplesmente por ser feliz, de encarar a vida de uma maneira mais leve, de amor ao próximo, de amor a nossos queridos gatinhos…

Fique com Deus e com todos os muitos gatinhos que certamente foram te receber com todas as honras.”


Notícias do inesquecível Lion

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quem não se lembra do Lion, nosso pequeno guerreiro “amarelinho”? Lion comoveu um montão de gente com a sua história e deixou muitas saudades em todos nós, não é mesmo? Mas como a gente se esforça pra fazer contos de fadas se tornarem realidade, conseguimos uma adoção dos sonhos pra ele!

Lion, agora Leão, foi morar na casa da Patrícia, onde  vive com seus 3 irmãos: o Calvin, o Haroldo, e o Fidel.  Ele se integrou super bem à família, adora fazer festa e brincar com os irmãos, e corre pra receber as visitas na porta da casa… Muito fofo e simpático, não? E ainda por cima, continua ronronento e carinhoso, daqueles que adora um colo e  ainda tenta mamar na sua roupa. Podem babar e matar as saudades com as lindas fotos do fofucho na casa nova. 🙂

A Patrícia, mamãe desta turma toda, é uma querida que não apenas se encantou com o pequeno, como foi o caso de muita gente, mas foi corajosa e não desistiu dele quando soube que ele teria que passar por uma segunda cirurgia. Apesar de ser uma cirurgia simples e necessária pra ele não sentir dor quando crescesse, muitos acabaram desistindo por conta disso. Por falar em segunda cirurgua, “Leãozinho” deve ser operado no final do mês, e já temos o suficiente para ela (vocês se lembram que o Bicho no Parque arcaria com ela, certo?).

De coração, queremos agradecer a Patrícia, por ter dado um final feliz ao Lion, e a todos os tios e tias que acompanharam a historinha dele e ajudaram com doações. Este conto de fadas foi escrito graças a cada um de vocês!

Seja feliz, Leãozinho. Um beijinho carinhoso dos tios e tias do Bicho no Parque


Um grande dia para o Lion

Este slideshow necessita de JavaScript.

Desde o dia que entrou para adoção, depois de se recuperar de uma delicada cirurgia, Lion já tinha participado da feirinha de adoção diversos sábados. Não por acaso, muita gente se encantava com o pequeno “malelinho”: ele é lindo, super dócil, carinhoso, daqueles que você pega no colo e ele tenta mamar na sua roupa, depois dorme ronronando, por horas… um verdadeiro anjinho.

Mas bastava a gente falar que ele precisaria fazer uma nova cirurgia no futuro e então as pessoas desistiam, às vezes por medo do que poderia acontecer, outras por preconceito com relação à recuperação dele, ou por outros motivos.

Mas hoje era o grande dia do Lion, e não haveria jeito dele voltar para a feirinha mais um sábado. A Patrícia viu a sua foto e se apaixonou pelo pequeno. Foi à feirinha determinada a adotá-lo – e foi cedo, para não dar tempo de alguém chegar primeiro… E ela não estava errada, pois mais tarde, algumas pessoas foram até lá ou ligaram interessadas em adotá-lo.

Lion achou sua família de margarina, com direito a 3 irmãos felinos para brincar: o Fidel, o Calvin e o Haroldo! Agora, a gente pode esperar a hora da segunda cirurgia com o coração mais tranquilo! Queremos agradecer, de coração, todos que acompanharam a história do Lion, se mobilizaram e nos ajudaram na busca de uma família para o nosso guerreiro.

Mas a história do Lion não acabou e o Bicho no Parque ainda terá que arcar com os custos da segunda cirurgia do pequeno. Por isso, se você puder nos ajudar com qualquer quantia para esta cirurgia, nós ficaremos imensamente agradecidos! É só o que falta pra que esta história tenha um final feliz!

Dados para depósito:

Bco Itaú, agência 3170, conta-corrente 03203-5 – Renata Lopes Del Nero

Por favor enviem um e-mail para renatadelnero@gmail.com confirmando sua transferência para que possamos identificá-la.


Belinha nasceu de novo após ficar presa em laje sem saída

Atualização: Belinha foi adotada em 14/07.
Semana passada, a voluntária Aline recebeu uma ligação, avisando que um gatinho desesperado estava preso sob laje de concreto de uma estação de água no parque onde atuamos.

“Fui até lá e a situação era muito difícil, porque ninguém conseguiria levantar aquela laje de concreto e não havia por onde sair. Ela só pode ter entrado quando faziam alguma manutenção. Chamamos os vigilantes, a GCM e, por fim, os bombeiros que não apareceram (disseram que precisariam de um caminhão “Monkey” para levantar a laje)”, relatou Aline para o grupo Bicho no Parque.

Apesar do drama, ela não desistiu. “Por fim, quando eu já não sabia mais o que fazer e depois de pedir ajuda ao nosso anjo protetor, surgiram três guardas da GCM que se dispuseram a procurar um macaco de carro e barras de ferro para tentar empurrar a laje alguns centímetros para trás e criar um espaço para passar a cabecinha dela. Resultado: a laje felizmente se deslocou por um palmo e ela foi resgatada muito desidratada e magra, razão pela qual eu a trouxe para casa a fim de observá-la. Tenho dado comida molhada e ela parece já ter recuperado sua hidratação”, reportou Aline.

Belinha será castrada e em breve poderá ser adotada por quem estiver em busca de uma gatinha muito carinhosa. Depois de ter nascido de novo, ela merece uma nova vida. Ajude-nos!


Herói

Mauricio merece nosso aplauso por seu gesto de amor aos animais. Na foto, ele posa com Madalena.

Por Renata Del Nero

Maurício, um funcionário do parque onde o BNP atua, foi responsável por um ato de muita coragem e altruísmo. Um dos gatinhos, o Petisco, por uma árvore teve acesso a um telhado (uma altura aproximada de oito metros). O problema foi que desse telhado era impossível retornar à árvore e descer.

Petisco, esperto que é, ao ver uma voluntária aproximando-se, miou até ela identificar onde ele estava preso (havia alguns dias, depois soubemos).

Pedimos ajuda e nosso herói Maurício, com muita boa vontade, conseguiu uma escada alta o suficiente e ofereceu-se a subir e resgatar Petisco. Ele subiu, foi conquistando a confiança do gatinho e com uma habilidade incrível o pegou com uma mão e se segurou na escada com a outra.

Incrivelmente, ele resgatou o bichinho com muita segurança. Ambos saíram sem nenhum arranhão.

Muito obrigada!

Depois de ficar preso a 8 metros do solo, Petisco passeia calmamente.


Final Feliz: mãe e ninhada de 8 filhotes foram adotados!

Lembra que publicamos aqui no blog sobre essa ninhada? É com alegria que informamos que todos os filhotes e a mamãe-gata foram adotados!  A gente adora final feliz! Obrigada a todos que nos ajudaram a divulgar a causa! É muito bom saber que essas fofuras já estão em lares recebendo todo amor e cuidado! Para ver a galeria de fotos completa dessa ninhada, acesse:

>> Fofurice: siamesa resgatada tem oito lindos filhotes


Edinaldo: um dos anjos do projeto Bicho no Parque

O Edinaldo trabalha no parque onde o Bicho no Parque atua. É uma daquelas pessoas maravilhosas que adoram os animais e dão todo o apoio para que nossa equipe realize o trabalho voluntário no local. Em nome do Bicho no Parque e de todos os gatinhos atendidos pelo projeto, muito obrigada por tudo, Edinaldo!