Um grande dia para o Lion

Este slideshow necessita de JavaScript.

Desde o dia que entrou para adoção, depois de se recuperar de uma delicada cirurgia, Lion já tinha participado da feirinha de adoção diversos sábados. Não por acaso, muita gente se encantava com o pequeno “malelinho”: ele é lindo, super dócil, carinhoso, daqueles que você pega no colo e ele tenta mamar na sua roupa, depois dorme ronronando, por horas… um verdadeiro anjinho.

Mas bastava a gente falar que ele precisaria fazer uma nova cirurgia no futuro e então as pessoas desistiam, às vezes por medo do que poderia acontecer, outras por preconceito com relação à recuperação dele, ou por outros motivos.

Mas hoje era o grande dia do Lion, e não haveria jeito dele voltar para a feirinha mais um sábado. A Patrícia viu a sua foto e se apaixonou pelo pequeno. Foi à feirinha determinada a adotá-lo – e foi cedo, para não dar tempo de alguém chegar primeiro… E ela não estava errada, pois mais tarde, algumas pessoas foram até lá ou ligaram interessadas em adotá-lo.

Lion achou sua família de margarina, com direito a 3 irmãos felinos para brincar: o Fidel, o Calvin e o Haroldo! Agora, a gente pode esperar a hora da segunda cirurgia com o coração mais tranquilo! Queremos agradecer, de coração, todos que acompanharam a história do Lion, se mobilizaram e nos ajudaram na busca de uma família para o nosso guerreiro.

Mas a história do Lion não acabou e o Bicho no Parque ainda terá que arcar com os custos da segunda cirurgia do pequeno. Por isso, se você puder nos ajudar com qualquer quantia para esta cirurgia, nós ficaremos imensamente agradecidos! É só o que falta pra que esta história tenha um final feliz!

Dados para depósito:

Bco Itaú, agência 3170, conta-corrente 03203-5 – Renata Lopes Del Nero

Por favor enviem um e-mail para renatadelnero@gmail.com confirmando sua transferência para que possamos identificá-la.

Anúncios

Belinha nasceu de novo após ficar presa em laje sem saída

Atualização: Belinha foi adotada em 14/07.
Semana passada, a voluntária Aline recebeu uma ligação, avisando que um gatinho desesperado estava preso sob laje de concreto de uma estação de água no parque onde atuamos.

“Fui até lá e a situação era muito difícil, porque ninguém conseguiria levantar aquela laje de concreto e não havia por onde sair. Ela só pode ter entrado quando faziam alguma manutenção. Chamamos os vigilantes, a GCM e, por fim, os bombeiros que não apareceram (disseram que precisariam de um caminhão “Monkey” para levantar a laje)”, relatou Aline para o grupo Bicho no Parque.

Apesar do drama, ela não desistiu. “Por fim, quando eu já não sabia mais o que fazer e depois de pedir ajuda ao nosso anjo protetor, surgiram três guardas da GCM que se dispuseram a procurar um macaco de carro e barras de ferro para tentar empurrar a laje alguns centímetros para trás e criar um espaço para passar a cabecinha dela. Resultado: a laje felizmente se deslocou por um palmo e ela foi resgatada muito desidratada e magra, razão pela qual eu a trouxe para casa a fim de observá-la. Tenho dado comida molhada e ela parece já ter recuperado sua hidratação”, reportou Aline.

Belinha será castrada e em breve poderá ser adotada por quem estiver em busca de uma gatinha muito carinhosa. Depois de ter nascido de novo, ela merece uma nova vida. Ajude-nos!


Herói

Mauricio merece nosso aplauso por seu gesto de amor aos animais. Na foto, ele posa com Madalena.

Por Renata Del Nero

Maurício, um funcionário do parque onde o BNP atua, foi responsável por um ato de muita coragem e altruísmo. Um dos gatinhos, o Petisco, por uma árvore teve acesso a um telhado (uma altura aproximada de oito metros). O problema foi que desse telhado era impossível retornar à árvore e descer.

Petisco, esperto que é, ao ver uma voluntária aproximando-se, miou até ela identificar onde ele estava preso (havia alguns dias, depois soubemos).

Pedimos ajuda e nosso herói Maurício, com muita boa vontade, conseguiu uma escada alta o suficiente e ofereceu-se a subir e resgatar Petisco. Ele subiu, foi conquistando a confiança do gatinho e com uma habilidade incrível o pegou com uma mão e se segurou na escada com a outra.

Incrivelmente, ele resgatou o bichinho com muita segurança. Ambos saíram sem nenhum arranhão.

Muito obrigada!

Depois de ficar preso a 8 metros do solo, Petisco passeia calmamente.


Final Feliz: mãe e ninhada de 8 filhotes foram adotados!

Lembra que publicamos aqui no blog sobre essa ninhada? É com alegria que informamos que todos os filhotes e a mamãe-gata foram adotados!  A gente adora final feliz! Obrigada a todos que nos ajudaram a divulgar a causa! É muito bom saber que essas fofuras já estão em lares recebendo todo amor e cuidado! Para ver a galeria de fotos completa dessa ninhada, acesse:

>> Fofurice: siamesa resgatada tem oito lindos filhotes


Edinaldo: um dos anjos do projeto Bicho no Parque

O Edinaldo trabalha no parque onde o Bicho no Parque atua. É uma daquelas pessoas maravilhosas que adoram os animais e dão todo o apoio para que nossa equipe realize o trabalho voluntário no local. Em nome do Bicho no Parque e de todos os gatinhos atendidos pelo projeto, muito obrigada por tudo, Edinaldo!