Final Feliz: Rajinha é adotada e vai morar em Monte Alegre do Sul

Após recuperação na casa da voluntária Aline (foto), Rajinha é adotada por família no interior de SP

Após recuperação na casa da voluntária Aline (foto), Rajinha é adotada por família no interior de SP

Queridos leitores, é com alegria que damos esta notícia! A idosa e doce gata Rajinha, que passou recentemente por uma complicada cirurgia, ganhou uma família, casa, amor e os cuidados que necessita!

Quem acompanha nosso blog e postagens no Facebook (www.facebook.com/bichonoparque) sabe que a Rajinha vinha passando por sérios problemas de saúde. Durante sua recuperação na casa de uma voluntária, ficou evidente que ela precisaria de cuidados especiais e que não poderia mais voltar a viver na árvore do parque que era sua “casa”.

As voluntárias Aline e Mayena viajaram com Rajinha até a casa de sua nova família

As voluntárias Aline e Mayena viajaram com Rajinha até a casa de sua nova família

Há algumas semanas, começamos uma campanha de adoção para tentarmos encontrar um lar amoroso para ela, que agora requer cuidados especiais devido a sua idade avançada. Para nossa felicidade, conseguimos encontrar uma excelente família adotante! Todos os voluntários se emocionaram ao receber esta mensagem da voluntária Aline, quando ela retornou da viagem para Monte Alegre do Sul (SP):

“De início, a Mayena e eu enfrentamos a ansiedade da viagem, porque já tínhamos indícios de que a adotante era uma pessoa especial,  mas não sabíamos como era a realidade e como a Rajinha iria se comportar. Entretanto, logo que chegamos fomos muito bem recebidas e logo vimos que havia uma verdadeira recepção para a Rajinha: seus pais, irmãos e amigos a aguardavam e ficaram muito felizes e à vontade com a presença dela.

A casa é grande e tem tela nas janelas, com acesso à rua somente pela porta da sala, que permanece fechada e é aberta com atenção por causa dos outros gatos e dos três cachorros que são de pequeno porte,  queridos e velhinhos.

Mas o melhor de tudo foi a reação da Rajinha… A primeira reação foi conhecer o quarto onde já se encontravam seus irmãos e logo em seguida ela encontrou um lugar aconchegante na cama para se instalar.

Em meio a perguntas sobre a Rajinha e sua saúde, a adotante não parou de fazer carinho e demonstrar para a Rajinha que ela será muito amada e confirmar que ela receberá todos os cuidados para uma aposentadoria com qualidade de vida.

Vejam as fotos e sintam as boas energias!  Por fim, recebemos uma outra foto da Rajinha curtindo a coberta da cama dos pais, ou seja, já tomou conta do quarto!”

Rajinha ganha carinhos de Jaqueline e é observada pela voluntária Mayena

Rajinha ganha carinhos de Jaqueline e é observada pela voluntária Mayena

Agradecemos imensamente a adotante Jaqueline e sua família por proporcionarem um final muito feliz para este caso! Aliás, a Jaqueline manda notícias da Rajinha diariamente. Segundo ela, nossa querida tem se alimentado muito bem, está sendo super paparicada e adorou trocar a árvore onde vivia por uma cama quentinha! Ou seja, ela está tendo a vida que sempre mereceu!

Aos amigos leitores, agradecemos a todos que torceram pela Rajinha e compartilharam esta história! É uma grande alegria poder dar uma vida digna a nossa idosa tão amada!

Colo mais que merecido!

Colo mais que merecido!

IMG-20140612-WA0008-1_resized_1

Rajinha, com as voluntárias Aline e Mayena, sua adotante Jaqueline e os outros gatos, mostra que já está à vontade em sua nova casa!

Aos que puderem ajudar

Lembramos que ainda estamos pagando as parcelas da cirurgia da Rajinha. Como a despesa veterinária foi muito alta, qualquer valor doado é extremamente bem-vindo. Contribuindo com qualquer valor, você nos ajudará a refazer nosso caixa para novas emergências do nosso projeto. Entre em contato conosco pelo formulário Fale Conosco ou pelo email bichonoparque2013@gmail.com.

Anúncios

SOS VET: rifa para ajudar nas despesas com a Rajinha

Rajinha é um das gatas mais idosas e doces do nosso projeto.

Rajinha é um das gatas mais idosas e doces do nosso projeto.

Olá amigos!

Nossa última rifa foi ganha pelo Nevio Vianna, que decidiu doar o prêmio para nova arrecadação. Veja a mensagem que ele nos enviou:

“Oi, Mayena. Que excelente notícia! Gostaria que você comunicasse as pessoas que compraram a rifa que estou doando a cesta para que seja feita uma nova rifa para que possamos levantar mais dinheiro para o Bicho no Parque.”

O vencedor da rifa doou a cesta para nos ajudar. (Clique para ampliar a imagem)

Nevio Vianna, vencedor da rifa, doou a cesta para nos ajudar. Para ver os detalhes de como participar da nova rifa, clique na imagem.

Esta doação vem super a calhar, já que tivemos um imprevisto com uma gatinha do parque, a nossa querida Rajinha, uma gatinha idosa e que mora sozinha em uma árvore. Há uns 3-4 meses, achamos que ela estava magra e a levamos para fazer exames. Tudo normal, a não ser que ela é FIV+, ela tem o vírus da imunodeficiência felina. Voltou para o seu lar e estava bem e feliz. Há umas três semanas, de repente, não quis mais comer – o que é uma raridade, já que a Rajinha sempre foi uma devoradora de ração e de sachê.

Ela foi levada para a clínica Lar Dog’s, nossa parceira, e inicialmente diagnosticada com rinotraqueíte, o que pode tirar totalmente o apetite de gatos, já que eles cheiram antes de sentir o gosto. Em um dos exames de acompanhamento, foi detectada uma obstrução no intestino e ela foi operada de urgência. O tecido retirado foi para análise e o resultado foi que ela tem linfoma, como provável consequência da FIV. A rinotraqueíte sarou e agora ela está sendo tratada do linfoma. Queremos que ela tenha uma boa qualidade de vida nos tempos finais dela.

Se você não puder colaborar comprando números, por favor, divulgue e compartilhe junto aos seus contatos. O Bicho no Parque precisa refazer seu caixa, que abaixou muito com o episódio da Rajinha.

Obrigada a cada um de vocês que nos ajuda em nossa missão!

Um abraço!

Mayena


SOS Vet: ajude-nos a custear a cirurgia da Rajinha

Rajinha é um das gatas mais idosas e doces do nosso projeto.

Rajinha, uma das gatas mais idosas e doces do projeto, se recupera após cirurgia.

A nossa doce e idosa princesa Rajinha nos deu um susto. Não aparecia para comer e depois foi encontrada bastante debilitada. Foi internada com suspeita de rinotraqueíte e, após os exames, foi descoberta uma obstrução intestinal. A cirurgia era emergencial e foi feita no mesmo dia, sábado 17/5. Agora está melhor, em recuperação, mas já está ronronenta e carinhosa como sempre.

Os gastos ficaram altos e nossa última rifa vai ajudar a cobrir parte das despesas. Se você quiser ajudar a Rajinha, doando qualquer valor, entre em contato conosco! Toda ajuda é muito bem-vinda. Escreva para: bichonoparque2013@gmail.com


Emanando amor para dois amigos que partiram

Andarilho e Jaguar, vamos sentir saudade de vocês!

Tão amados… Vamos sentir saudade de vocês…

Por Renata Del Nero

Hoje as notícias não são boas. Pedimos desculpas por demorar a dá-las, mas nós, voluntários, ainda estamos recuperando-nos do choque que foi perder dois gatinhos tão amados no mesmo dia.

O Andarilho, gatinho que vínhamos cuidando com tanto carinho, morreu. Ele estava com anemia grave, infecção e icterícia, ficou um período internado e depois foi para a casa de uma voluntária para continuar o tratamento, e realmente vinha melhorando bastante. Mas depois de aproximadamente um mês de cuidados e muito amor, seu quadro piorou muito e rapidamente.  Voltou ao hospital, onde ficou internado por mais uma semana, mas sua situação piorava dia a dia até que numa sexta-feira, 6 de setembro último, ele morreu.

Enquanto o Andarilho ainda estava em tratamento houve outra emergência, desta vez com nosso amado Jaguar. Quando o resgatamos chegamos a ter dúvidas se ele realmente ainda estava vivo, tão ruim era o estado de nosso querido. No hospital foi diagnosticada uma subluxação cervical (por ter sofrido algum violento trauma). Ele não andava e tinha perdido o controle da bexiga, tinha dor, infecção urinária… Mas dia a dia o bichinho vinha incrivelmente se recuperando. Primeiro foram os movimentos, depois passou a ficar um pouco em pé, a dar uns passinhos, readquiriu o controle da bexiga. Apresentava uma melhora ainda superior àquela que o mais otimista poderia esperar.

Deixou o hospital e continuou o tratamento na casa de outra voluntária. Por todo esse período ficou muito bem e foi uma fofurice só. Num retorno, foi feito um ultrassom para se avaliar a situação da bexiga, quando se observou bastante líquido no tórax (devido ao trauma), situação que surpreendeu a todos. Precisava-se drenar na hora e havia risco. O procedimento foi feito, e nosso pequeno Jaguar não resistiu. Assim, de repente, ele se foi. Um choque. E foi neste mesmo dia, algumas horas depois, que o Andarilho nos deixou.

A tristeza ainda é muita.

Resta-nos a certeza de que não medimos esforços, carinho, atenção e cuidados para o bem desses dois anjinhos, e que no período que tivemos o privilégio de conviver com eles houve uma intensa troca de amor; fica ainda nossa gratidão por ter convivido com seres tão especiais…


SOS Vet: ajude o gatinho Andarilho

Por Renata Del Nero

O Andarilho está precisando muito da sua ajuda!

Este é o Andarilho, gatinho assistido pelo Bicho no Parque. Percebemos que ele havia perdido peso, que não estava bem, e o levamos a uma clínica. Foram constatadas anemia grave, infecção e icterícia (que pode indicar lipidose hepática causada por falta de alimentação). Também havia ferimentos pelo corpo, principalmente em suas patinhas. Ele permaneceu internado por uma semana, sem muita melhora.

Foram feitos todos os exames necessários, mas ainda não se fechou um diagnóstico. Desconfia-se de micoplasmose, uma doença causada por uma bactéria que é transmitida por pulgas. Ele está em LT agora com uma de nossas voluntárias, recebendo todos os cuidados e muito carinho, e começou a melhorar! 🙂

Ele agora está se recuperando com a ajuda de uma voluntária

Houve muitos gastos e precisamos de ajuda para bancar o tratamento. Quem puder nos ajudar, por favor, pode fazer depósito na conta da voluntária Mayena (o Bicho no Parque ainda não tem uma conta, por isso usamos a conta de uma voluntária):

Itaú
Ag 0390
CC 01484-3
(Após o depósito, pedimos, por favor, que envie email para mayena@bol.com.br avisando sobre a doação para o Andarilho.)

Qualquer quantia doada é muito bem-vinda! Agradecemos muito todos que puderem contribuir. Abaixo postamos os recibos das despesas.

internacao e exames Andarilho medicamentos Andarilho


Urgência no parque

Poucas vezes pedimos a ajuda de vocês. Mas hoje estamos aqui para pedir ajuda, qualquer uma, com um caso super grave. A Mimosa, gatinha “vaquinha” que vive no parque, esta internada desde domingo, tentando se recuperar de uma bicheira em estado avançado.

Tudo começou em um sábado, 08 de dezembro, quando uma voluntária, durante sua ronda de alimentação, encontrou nossa vaquinha com o rabo sem pelos. A região estava cheia de larvas, com sinais de infecção e mal cheiro, muito mal mesmo. Mas quando vamos alimentar os gatos, nem sempre estamos preparados com caixa de transporte ou gatoeiras para capturas. Então, no dia seguinte, domingo, outro voluntário foi até lá resgatá-la, mas Mimosa percebeu e não se deixou capturar. E infelizmente, desde então, sempre que a chuva dava uma trégua, tentávamos uma captura, mas a sorte não estava do nosso lado..

Nossa vaquinha com rabinho comprometido

Nossa vaquinha com rabinho comprometido

Sabem, é muito, mas muito angustiante de verdade saber que um gatinho precisa de ajuda e você não consegue capturá-lo. Dá uma sensação de fracasso muito grande, e uma tristeza profunda, porque cada hora que passa pode significar uma hora a menos que lhe resta. Mas capturar um gato, sobretudo em época de chuva torrencial, é uma tarefa bem difícil.

E assim os dias foram passando, e nossa angústia aumentando proporcionalmente. Durante uns 3 dias fomos ao parque em nova tentativa de captura, e ela nem sequer apareceu. Nestas horas, um vazio profundo invade a alma só de pensar que pode ser tarde demais e o pior já ter acontecido. 😦

Felizmente, São Franscisco deve ter ouvido nossos pedidos. No último domingo, dia 16 de dezembro, a voluntária Aline, nossa heroína das capturas, conseguiu finalmente resgatá-la. A pobrezinha estava muito debilitada e devia estar morta de dor pois entrou sozinha na caixa de transporte.

Mimosa foi levada às pressas para uma clínica, onde está internada desde então. Nossa vaquinha chegou sem forças pra nada, em um estado deplorável – possivelmente não lhe restavam muitas horas mais. Foi imediatamente medicada com morfina e antibióticos, pois seu quadro de infecção era bastante grave. Imaginem só, você sendo devorado vivo por larvas?

Se recuperando

Se recuperando

Nossa “pequena” Mimosa está respondendo ao tratamento. Apesar das feridas profundas, de muita pele necrosada no ânus e do rabo estar no osso, seu estado geral é melhor. Não restam mais larvas, ela está comendo sozinha, ainda que muito pouco, o cheiro podre não existe mais.

Na clínica aos cuidados da Dra. Tatiana

Na clínica aos cuidados da Dra. Tatiana

Mas isso é só o início de sua recuperação… Ainda não sabemos se os órgãos internos foram afetados ou não, ou se será necessário amputar o rabo. Seu estado ainda inspira muitos cuidados e ela toma muitas medicações contra dor e infecção. Temos apenas duas certezas:

– Não vamos poupar esforços para oferecê-la o que estiver ao nosso alcance até que ela esteja 100% recuperada;

– A conta do tratamento será bem alta, pois ela requer cuidados e acompanhamento intensivos, diversos medicamentos  e possivelmente será necessária uma intervenção cirúrgica.

Por isso, precisamos de qualquer ajuda para o tratamento da Mimosa. Será uma longa jornada, e toda ajuda para esta fofucha é mais do que bem-vinda. Para quem puder ajudar, os dados para depósito seguem abaixo: 

Bco Itaú, agência 0390, conta-corrente 01484-3 – Mayena Buckup

Por favor enviem um e-mail para mayena@bol.com.br confirmando sua transferência para que possamos identificá-la.

 

Mimosa e os voluntários do Bicho no Parque agradecem de coração!


Marie devolvida…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pois é… A gente festeja com o coração cheio de alegria quando um gatinho, sobretudo adulto, ganha uma família. Mas às vezes não dá certo, e o mesmo coração que não cabia em si de alegria fica tão pequeno que parece querer implodir. A adoção da Marie infelizmente não deu certo e ela precisa de uma nova chance.

Marie é uma gatinha linda e charmosa de aproximadamente 2 anos. Foi encontrada pelo Bicho no Parque  em estado gravíssimo de anorexia e lipose. Foram meses de cuidados intensos, terapia do amor e muitas colheradas de carinho na casa da tia Rê pra conseguir reverter o quadro. Totalmente recuperada, foi adotada em agosto, mas devolvida quase 3 meses depois.

Nossa meninota não é uma gatinha qualquer. Sua história é prova disso: Marie é uma gatinha forte e destemida, que quis muito viver! Apesar de ser muito carinhosa, tem personalidade forte e não sai mostrando a barriguinha pra qualquer um. É preciso conquistá-la e fazê-la se sentir segura. E como outros gatos são fonte de insegurança pra ela, Marie prefere ser sozinha e ficar entre humanos.

Marie precisa de alguém tão especial quanto ela. Alguém com um cantinho sossegado e que possa lhe dar muito amor e carinho. É você esta pessoa? Você conhece alguém assim? Nos ajuda a encontrar uma família especial pra Marie?
Está castrada, vacinada, é negativa pra Fiv/Felv. Contato com Renata: renatadelnero@gmail.com | 11 9 9157 3773